7.2.08

Espaço : talvez até expluda a madrugada nos teus olhos...



Jacek Gasiorowski

Não vou pôr-te flores de laranjeira no cabelo
nem fazer explodir a madrugada nos teus olhos.

Eu quero apenas amar-te lentamente
como se todo o tempo fosse nosso
como se todo o tempo fosse pouco
como se nem sequer houvesse tempo.

(...)

Joaquim Pessoa

5 comentários:

un dress disse...

como se redOndamente a vida...

Vanessa disse...

tão bonito... :) *

angela disse...

gerar vida,
numa explosão

(gosto tanto de cá vir.......)

Por entre o luar disse...

Lindo o amor=P

Beijinho com sorriso:)

petroy disse...

descendemos?