16.9.09

Espaço : a missão da oliveira


Rose-Lynn Fisher


Que calor está aqui, tanto calor,
e parados os rios cinzentos
debaixo das pontes.

Se não houvesse oliveira,
esta exígua faixa escura,
não poderíamos ficar

Teríamos de correr atrás dos ventos, seguir
a sombra das nuvens como os pássaros
em tempos de caça.

Hans-Ulrich Treichel

3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Felinea disse...

olhai as oliveiras...

adoro entrar aqui. sempre me acalenta a alma.

:)

~pi disse...

veio-me kirostami no vento,





beijo, obrigada,




~