19.9.09

O teu espaço incendiário


Ryan Mcginley


Não me sai da cabeça a lua daquela sexta-feira. Em movimento, via-a interrompida por casas, arbustos ou, simplesmente, pelo piscar dos olhos já sonolentos. Num momento mais lento, ali ficou, quase encostada, a cinco cm de um monte elevado. Ardia.

Acontece-me assim, às vezes, ser ocupado por imagens, nomes, cheiros, risos e gestos incendiários como os teus.

5 comentários:

~pi disse...

luas

vermelhas

como por vezes

aqui,

como muitas vezes

as incontornáveis

luas

de áfrica,






~

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.