15.10.07

espaço a meu lado


Egon Schiele - Elena Odriozola

Eu não sou eu.
Sou este
Que vai a meu lado sem eu vê-lo;
que, por vezes, vou ver,
e que, às vezes, esqueço.
O que se cala, sereno, quando falo,
o que perdoa, doce, quando odeio,
o que passeia por onde estou ausente,
o que ficará de pé quando eu morrer.

Juan Ramón Jimenez

5 comentários:

Sou esta. disse...

Quem és tu rapaz das letras e das imagens, que nos presenteias sempre com aquela palavra no espaço?

Quem és, não te percas na blogosfera...!

De alguém que te lê sempre com vontade sempre de repetir, e que se irrita até, quando vê um post como o de hoje...magnífico...
consegues sempre melhor, sempre!

ana disse...

belíssimo. fiquei a saber mais um pouco sobre quem (não) sou.

un dress disse...

sou esta que desconcerta

e desacerta

e se mente e se escorrega

e se mais não descobre

senão asas de pedra

água molhada

e muitas trevas





.mas não eternas, i hope...:)

beijO ~

eyes shut & what's keeping you awake? disse...

_________________________*

Dalaila disse...

eu sou a mistura... do que sei que sou e do que vou descobrindo... perdendo e ganhando