2.10.07

espaço : vai. vai.


Gasiorowski


não
já não me prendo a nada
mantenho-me suspenso neste fim de século
reaprendo os dias para a eternidade
porque onde termina o corpo deve começar
outra coisa outro corpo
ouço o rumor do vento
vai
alma vai
até onde quiseres ir

Al Berto

8 comentários:

margarida f. disse...

... e aqui também nós vamos "perdendo" a alma!

A. disse...

vou

Dalaila disse...

Quando nada nos prende...
o vento é caminho...

Lindo post!
profundo, e toca...

Hanah disse...

ma ra vi lho so ....

esse espaço...

dentro da fonte...

Anónimo disse...

A tua alma vai com certeza onde tu quiseres ir... :-)
Obrigada por me aliciares a procurar o Mapa do Tesouro, do Egito Gonçalves... um imenso tesouro entre mãos.

Li.G

Plum disse...

"...mantenho-me suspenso..."
***

un dress disse...

a alma

rare.faz-se


agora

nana disse...

gosto mesmo, mesmo muito deste teu espaço, sabes?...

e gosto mesmo, mesmo tanto de al berto.......