28.9.07

o espaço do coração. nuclear.


Bradley Parrish

Um coração de sangue
Um coração de xisto e aço
Um coração angular e redondo
Como a pedra que te abre
Do interior do chão

Um coração solar
De granito
De carne
Curado da noite de nascença

Um coração de homem
Um coração de homem vivo
Um coração de criança ao colo
Interior
– Mais interior do que o sangue no coração que me darás -

Peço um coração
Nuclear

Daniel Faria

7 comentários:

Vanessa disse...

Que giro... acabei de postar daniel faria também... Acho que deve ser o Outono a chegar... :)

Gosto muito.

*

blá blá blá disse...

obrigado pelos elogios cometa! e este, continua um espaço do coração. nuclear. sem dúvida!
bjos

maria disse...

muito bonito

un dress disse...

por aqui.

a tocar o núcleo.




beijO:)

Dalaila disse...

Bombeia...
....
vive

A. disse...

Nuclear, de xisto partido, recomposto ao sol de Outono.

Cândida disse...

imagem e texto lindíssimos e muito bem adequados. o quadro então é fantástico.