31.8.07

acordar, um espaço urgente


Eu estava tranquilo na minha mediocridade, até que se tornou insuportável.

Robert Hossein

Esta é uma das maiores doenças da actualidade. Satisfazermo-nos com o mais ou menos, com o "nem sim nem sopas", com a inércia e a ausência de sonhar. Deitados conformadamente no sofá da rotina e do "já basta assim".
Desistentes pelas primeiras derrotas, por alguns sonhos que inevitavelmente se vão, pelos embates iniciais de um caminho que nunca nos disseram ser fácil.

A escalada é dura mas rica também. Arregacemos as mangas [os olhos] e a vida cheia não nos escape porque nos deixamos dormir.

Bom dia!

7 comentários:

Flávia Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Teresa Duraes disse...

infelizmente penso que nove milhões de portugueses preferem o nim ao pensar. Pensar e abrir os olhos faz doer. quem quer sofrer?

nana disse...

THAT'S THE SPIRIT!!!!

:o)

parole disse...

Excelente reflexão!
;) voto em ti!

eyes shut disse...

a vida é um espaço mágico...
cheia de tesouros encantados por descobrir...
cada vez mais, creio que viver é uma arte profunda...

Dalaila disse...

Adoro a satisfação insatisfeita, e mar revolto ou sereno, do sim ou não, do voar ou cair, quem não se solta, não cante, não arrisque, não ame ou desame, não sorria ou chore, não vive, passa sem pégadas...

Bom dia!

Cândida disse...

´deixem-se dessas merdas . a mim, neste contexto, mete-me nojo este tipo de discurso.