13.5.07

espaço aprendizagem

A propósito de um texto do AAB que a margaça colocou num comentário a um post, lembrei-me deste que acho brilhante.

Vocês um dia vão descobrir que viver é um treino e uma aprendizagem... É um exercício de meter no possível os nossos sonhos, os nossos desejos e as nossas ambições mas sem abdicar deles. A certa altura da minha vida descobri que era assim e, quando a gente faz essa descoberta vai ainda mais longe: faz por tornar os nossos sonhos possíveis. E o que é possível sempre, é o afecto que damos aos outros...

A. Alçada Baptista

6 comentários:

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

e como eu gosto tanto deste senhor...*

Teresa Durães disse...

também descobri. de forma violenta. às vezes penso que é necessário alguns murros psicológicos no estômago para se acordar. pelo menos eu.

não sei o que aprendi na realidade. a não esquecer de seguir o meu rasto, sim, é verdade.fora isso.. :)

magarça disse...

Devo ter posto um "A" a mais na abreviatura do nome da autora do poema que te deixei. Não é de A.Alçada Baptista, mas sim de Amelia Bautista (é engraçado como os seus nomes se assemelham) .

Um lapso feliz, que me deu a conhecer este fantastico texto :)
Também as leituras são como as cerejas...

Os textos são como as cerejas,e é com prazer que leio este de AAB.

Cometa 2000 disse...

Ah!!!!
Andamos numa troca de autores!!!
:)

menina tóxica disse...

este pedacinho de alçada baptista é realmente lindo.
principalmente a parte dos afectos.

também gostei muito deste cantinho ;)

nina_da_floresta disse...

Seja a Aprendizagem o Acreditar... o mergulho nas introspecções, a alavanca do próximo passo!