14.5.07

espaço à mesma altura da "i"


Joel Cadiou

Veio a correr na urgência de me dizer alguma coisa.

De repente, pareceu-me calar-se, revelando por sinais: - estás tão longe.

[nestas alturas apercebo-me que olhar de cima me torna incapaz]

[nestas alturas dou-me conta que a superioridade afasta]

[é nestas alturas que me devo baixar!]

- Vim só dar-te um beijo.

[sei aí que, seja com quem for, se desenvolvem mais as relações se de igual para igual]

6 comentários:

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

...:)***

Teresa Durães disse...

esta é uma fase da tal aprendizagem da vida. porque uns não são 'maiores' que outros. Poderão ter tido caminhos diferentes. Somente. Ou apenas estarem a iniciar os seus passos

Abbie disse...

Dobrar os joelhos e... um abraço, um beijo, um sorriso. :) Nada melhor. :)

isabel disse...

:) ...porque deste lado do mundo também fui e talvez ainda seja uma "i" para alguém...

musalia disse...

dobramos os joelhos e abarcamos o mundo. porque o mundo é esse 'i'.
:)

Cometa 2000 disse...

dou-me conta que comentários como estes me encantam!
obrigado, fazem-me pensar e sentir mais.
:)