4.1.09

A volta da fechadura no espaço







Crystal Liu


Uma casa ao sol do meio-dia.

A tarde ainda não sabe
mas no inverno dentro das casas
há um chamamento
que ilumina as tarefas
liga os dias às noites
o cheiro a maça assada
e o café quente entre as mãos.

A voz cai exactamente onde estamos
diz de ti o tempo que preserva.

Melancolia não é uma cadeira
frente a uma janela
nem as roupas que sobre ela repousam

talvez o silêncio que passa pela mão
cujos nós nos dedos não vêm desfazer
a volta da fechadura.

Vasco Ferreira Campos

6 comentários:

mdsol disse...

:)))

Ana disse...

é por isto
- e muito mais,
que volto sempre aqui ...

... paz

moriana disse...

Lindas imagens!!!!
o poema, muito belo.
:)

beijo.

~pi disse...

este pequeno céu

(que prefiro sempre nu de estrelas,





~

andreia disse...

tão bonito.

sticker disse...

Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
costume jewelry