19.9.08

O teu espaço e o fio da meada


Barbara Cole


Eu sei, parece-te que perdi o fio à meada, mas não. Tive de fazer parágrafo porque a pergunta pedia-me que te olhasse nos olhos e sabes que me perco sempre em qualquer dos lugares onde guardas a ternura.

Sandra Costa

2 comentários:

~pi disse...

às vezes...

(( às vezes

a beleza

assim pura

dá-me

uma espécie

de.

.de

agonia

( e não nem é leve a

agonia




~

Andreia Ferreira disse...

:) muito bonito.