21.11.07

Espaço Karnak

O mundo é pequeno pra caramba
Tem alemão, italiano e italiana
O mundo filé milanesa
Tem coreano, japonês e japonesa

O mundo é uma salada russa
Tem nego da Pérsia, tem nego da Prússia
O mundo é uma esfiha de carne
Tem nego do Zâmbia, tem nego do Zaire

O mundo é azul lá de cima
O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
O açúcar é doce, o sal é salgado

O mundo caquinho de vidro
Tá cego do olho, tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata, o homem que mente

Por que você me trata mal
Se eu te trato bem
Por que você me faz o mal
Se eu só te faço o bem

Todos somos filhos de Deus
Só não falamos as mesmas línguas
Todos somos filhos de Deus
Só não falamos as mesmas línguas

Everybody is filhos de God
Só não falamos as mesmas línguas
Everybody is filhos de Ghandi
Só não falamos as mesmas línguas

Já não ouvia Karnak há uns tempos largos. A banda não é muito conhecida e, infelizmente, já terminou. Hoje cairam-me nos ouvidos como quem afasta as nuvens e o mau tempo. A música que transcrevi não é a mesma que se pode ouvir.

É festa e dança! São bem doidos! Dizem mentiras e grandes verdades! Aí vai!


2 comentários:

musalia disse...

se afasta o mau tempo, também quero! (tenho medo de trovoadas)

Vieira Calado disse...

O mundo é azul lá por cima.
Isso diz tudo.
Um abraço.