29.10.07

um espaço onde me deito ao comprido


Guste

Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.

Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei a verdade e sou feliz.

Alberto Caeiro

7 comentários:

Luci * in the Sky with Diamonds * disse...

Olá... tem um mimozinho pra vc lá no aquário...

:)

maria disse...

tao calmo e bonito

Dalaila disse...

ai essa erva deitava-me, comia o fruto e cheirava a flor, olhava o céu... e era feliz

un dress disse...

es ta te la da na relva

me enrolo

a dias

de

prováveis

regressos




:)

petroy disse...

simples ... muito simples ... e feliz

awake disse...

e como pode ser tão simples ser feliz...*

Chloé disse...

É tão simples ser feliz...