3.9.07

espaço : não deixes


Rush to Come

Não deixes que termine o dia sem teres crescido um pouco, sem teres sido feliz, sem teres aumentado os teus sonhos. Não te deixes vencer pelo desalento. Não permitas que alguém retire o direito de te expressares, que é quase um dever. Não abandones as ânsias de fazer da tua vida algo extraordinário. Não deixes de acreditar que as palavras e a poesia podem mudar o mundo. Aconteça o que acontecer a nossa essência ficará intacta. Somos seres cheios de paixão. A vida é deserto e oásis. Derruba-nos, ensina-nos, converte-nos em protagonistas de nossa própria história. Ainda que o vento sopre contra, a poderosa obra continua: tu podes tocar uma estrofe. Não deixes nunca de sonhar, porque os sonhos tornam o homem livre.

Walt Whitman

7 comentários:

Tainha disse...

Não desistamos de acreditar na vida!
Um abraço

eyes shut disse...

não deixo, não...

Abbie disse...

Não quero deixar.

Flávia Vida disse...

[ainda que o vento sopre contra] jamais deixarei.

aitb disse...

perfeito!! posso roubar? :P

Teresa Durães disse...

bom, venho desconcertar esta mensagem de esperança:

para que tudo isto aconteça, não trabalhem para a função pública ahahahha

Andreia disse...

Tão bonito e tão bem dito (: