8.6.07

um espaço que nos impede de ver............. [a multidão]


?

A multidão externa a nós que nos enche de solicitações desde que acordamos até ao fim do dia e que se compõe por gente, muita gente que nos incapacita de encontrar o fundamental. Que se coloca à nossa frente apresentando modelos estéreis, convidando ao excessivo e incontrolado consumo. Dizendo-nos que devemos ser “assim ou assado” e, acima de tudo, ricos, bonitos, inteligentes e claramente bem sucedidos.

E a interna que temos dentro de nós. A mais subtil que torna ainda maior a nossa cegueira. O mundo dos impulsos fáceis e indolores, porque “hoje sim e amanhã não", dos desejos rápidos que excluem o tempo e o permanecer. Que nos retira o critério e vai tornando cada vez mais míopes para ver mais longe e mais fundo. Que nos faz ter o “apetitezinho” de sermos apenas ricos, bonitos, inteligentes e claramente bem sucedidos.

Esta multidão (acho eu) deve desaparecer...

6 comentários:

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

e quando a multidão interna desaparece, já pouco reparamos na que anda à nossa volta, lá fora...***

Vanessa disse...

Fizeste-me pensar...

[ E eu estou oficialmente viciada no rasto destes cometas. :) ]

Abbie disse...

Ver a floresta...
ou as árvores.

Teresa Durães disse...

é como a televisão, existe um botão para tudo. on-off. depende só de nós.

ana disse...

não deixa-los aqui a planar cegos nas suas vidas perfeitas, deixa-los aqui a mostrar-nos todos os dias ou durante um segundo aquilo que não somos, aquilo que não queremos ser. a mal ou a bem, nos momentos dolentes que nos atravessam, eles cegamente hão de nos salvar... deixa-los aqui

Cometa 2000 disse...

inês, ou então, passamos a reparar melhor na externa e a fazer melhor as nossas escolhas.

vanessa, obrigado. vou já já à dança dos erros. :)

abbie, gosto de árvores e dos seus nomes: faia, jacarandá, sobreiro, ...

teresa, assim parece fácil...
:)

ana, quero ficar também. muitas vezes sou eu também a multidão para outros. bom fim de semana. :)